Archive | dezembro, 2011

Debaixo da janela

13 dez

Por Larissa D`Almeida

Palco da morte de um dos maiores nomes da história política brasileira, o Palácio do Catete presenciou o suicídio do então presidente Getúlio Vargas, e viu o ocaso de uma era.
Logo depois, a sede das decisões e capital administrativa do país, passaria da cultural e efervescente Rio de Janeiro para a planejada e recém-nascida Brasília.

Sendo assim, as multidões de manifestantes e engajados já não tinham mais os chefes de estado ao seu alcance. Se, por um desmando do governo, cinco pessoas resolvessem protestar, já seria o bastante para causar alarde. Agora, nas planícies de clima seco do planalto central, o grito de 500 não vai fazer lá muita diferença.

Que saudade do Palácio do Catete, quando uma pedra atirada na janela já perturbaria a tranqüilidade de um político.

Guten Morgen, Frankfurt!

13 dez

Um pequeno guia para os novos e velhos visitantes

 

Por Larissa D`Almeida

Para quem vai de viagem ao Velho Continente, Frankfurt é uma ótima pedida. A cidade é cosmopolita e, mesmo a passeio ou a trabalho, você não pode perder as oportunidades que a capital financeira alemã oferece.

Cultura é o que não falta e a casa do escritor Goethe, um dos mais importantes do país e autor de Fausto, é parada obrigatória.

Estudantes pagam meia-entrada e você pode conhecer todos os cômodos da casa com a ajuda de um áudio-guia em diversos idiomas.

Sensações gastronômicas

Os amantes da gastronomia vão encontrar na tradicional culinária alemã pratos saborosos, na maioria feitos com carne de porco e acompanhados do típico applewine – um vinho suave feito de maçã.

Para comer a especialidade Eisben – um joelho de porco servido com batatas – vá para Sachsenhausen, onde você encontra diversos restaurantes.

Se a sorte estiver de bom humor, provavelmente te apresentará a um simpático taxista boliviano que fala alemão e inglês, e vai orientá-lo a chegar ao prestigiado Apfelwein Wirtschaft Wagner, uma casa decorada com belas porcelanas alemãs e que serve o melhor Eisben da cidade, a um bom preço.

Esqueça a dieta e experimente as famosas salsichas alemãs – sem trocadilhos – essas são vendidas em barracas pelas ruas, e as saborosas batatas fritas, com o molho que você preferir.

Prepare o cartão de crédito

Se compras não podem faltar no seu roteiro, a comprida Zeil, conhecida como “Golden Mile” é o seu destino. Sofisticada e popular, ela é a principal rua comercial da cidade que reúne diversas marcas, lojas de departamento, além dos shoppings com design arrojado.

De um a tudo! Lojas H&M, New Yorker, Chanel, Versace…

Depois das compras, descanse tomando a tradicional e encorpada cerveja alemã em frente ao Teatro Ópera de Frankfurt, onde você pode misturar-se aos executivos que se encontram no fim do dia para relaxar e aproveitar o sol, que só se põe lá pelas nove da noite.

Batendo perna

Com um dia longo assim, você ainda pode passear pelo Main River e curtir a Flea Market, que acontece aos sábados e reúne diversas mercadorias, de artesanatos diferentes a roupas usadas. Suba até o último andar do edifício Main Tower para ter a melhor vista da cidade, visite as igrejas onde reis medievais foram coroados como a Kaiserdom, que foi construída originalmente em 1239, e reedificada após incêndios e guerras. Com fôlego, volte no tempo na Römerberg, a bucólica praça bem no centro de Frankfurt, que faz a alegria de fotógrafos do mundo inteiro com suas casas históricas e festivais ao ar livre.

A beleza dos festivais em Römerberg

Se estiver descontente com alguma coisa, dê uma passadinha na casa oficial de trabalho do prefeito, em Altstadt, mas não jogue tomates para não estragar a fachada que foi reconstruída nos moldes originais após os bombardeios da guerra.

O amor eternizado nas pontes de Frankfurt

O romance está no ar na antiga ponte Eiserner Steg, onde apaixonados e recém-casados põe cadeados com seus nomes, seguindo a lenda que garante o “até que a morte os separe”.

Além disso, há museus e galerias com obras de pintores como Renoir e Monet. A Städel Gallery é a mais importante com artistas de vários séculos e países. O Museum für Angewandte Kunst expõe mais de 30 mil objetos da Ásia e Europa, com destaque para os cristais e tapetes persas.

A cidade é plana e o trânsito, organizado. É fácil caminhar ou alugar uma bicicleta e pedalar pelas ótimas ciclovias.

Aproveite sua visita à Frankfurt e tenha um guten morgen!

 

Guia de endereços:

Casa e Museu Goethe – Goethehaus e Goethemuseum na Grosser Hirschgraben 23-25

Flea Market – Mercado de pulgas, aos sábados, das 08hs às 14hs, ao longo do Main River no lado da Sachsenhausen.

The Altstadt – Parte antiga da cidade, próximo ao Main River.

Römerberg – Lado histórico de Altstadt onde está localizado o Römer, conjunto de casas patrícias onde trabalha o prefeito.

Kaiserdom – Catedral carolíngea, localizada em Altstadt. Ao lado, o museu da igreja com peças preservadas e valiosas.

Sachsenhausen – Distrito de bares, cafés, restaurantes e boates. Se estiver no Römer, passe pela Eiserner Steg e suba o Main River até os arredores da Affentorplatz.

Städel Gallery – Galeria de arte na Schaumainkai 63, Schweizer Platz.

Museum für Angewandte Kunst – Museu de arte oriental e européia, fica na Schaumainkai 17, Schweizer Platz.

 

Transportes: 

O Aeroporto Frankfurt/Main fica a 11 km do centro da cidade. Tempo de translado é de 20 minutos em média. Vá de metrô (S-Bahn S8 e S9) ou táxi. O transporte é intermodal.

Dirigir é fácil no organizado trânsito alemão, mas é preciso Carteira Internacional de Habilitação.

 

Dicas:

#Lembre-se de pegar mapas nos postos de atendimento ao turista nos aeroportos e estações de trem.

#Para maquiagens de qualidade e com bom preço, vá a loja Essence, na Zeil Gallery.

#Para lanches rápidos e baratos de frutos do mar vá na Nordsee, em qualquer esquina.

 

(Fotos: fonte internet e minha humilde Sony Cyber-shot)